23/03/2009

Setor de Vendas Diretas Cresce 14,1%

ImageA Associação Brasileira de Vendas Diretas confirmou a expectativa do setor de que a crise não afetaria de forma importante as empresas do segmento. De outubro a dezembro, o setor cresceu 8,7% reais, movimentando R$ 5,5 bilhões. A informação tem especial importância, porque as empresas de vendas diretas fecharam 2008 com 2 milhões de revendedores em todo o País, 7,2% mais que no ano anterior.

No último trimestre de 2008, foram comercializados 444 milhões de itens, incluindo produtos e serviços, 12,5% superior a igual período do ano anterior. A acentuada desaceleração da atividade econômica do Brasil contrasta com o crescimento do setor de vendas direta. De acordo com o IBGE, as vendas do comércio no quarto trimestre caíram 2,3% na comparação com o terceiro, enquanto o faturamento bruto das vendas diretas cresceu 12,6%.

Segundo Lírio Cipriani, presidente da associação, o setor tende a ser poupado pela crise no curto e no médio prazo. "Estamos ansiosos para ver os números do 1º trimestre de 2009, mas as vendas diretas não apresentam sinais de impacto diante da crise financeira mundial, talvez pelo fato de não operarmos com base no crédito", afirmou, segundo sua assessoria.

Após faturamento de R$ 18,5 bilhões em 2008, expectativa é manter crescimento, apesar da crise.


Extraído de: CentralMMN


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vídeos Motivacionais

Loading...