09/12/2008

Envelhecer X Amadurecer no MLM


Envelhecer X Amadurecer no MLM


De uma forma geral, a idade biológica jamais teve qualquer ligação ou interferência com o desenvolvimento da sabedoria e da capacidade de discernimento de cada indivíduo. E, especificamente no MLM, esta disparidade se confirma ainda mais.

Jovens que iniciam neste negócio mostram um amadurecimento surpreendente. Apesar de poderem se dar ao luxo de errar e trocar de empresa muitas vezes, alguns esbaldam discernimento ao eleger com convicção e bom senso, logo de início, a empresa de suas vidas. E assim trabalham duro, com disciplina e perseverança, experimentando, merecidamente, progressos significativos — bem acima da média no plano de carreira de suas empresas, em um período relativamente curto.

Em contrapartida, alguns veteranos (também chamados de "marketeiros"), que ainda não alcançaram seus objetivos financeiros pelo fato de terem trocado sucessivamente de empresas, por essa ou aquela razão, acabam sendo vítimas de sua própria armadilha. Amargam resultados modestos demais para quem acumula tanta experiência (é claro que alguns infortúnios foram causados por fatores alheios ao seu controle, como empresas que "o vento levou" e castelos de areia).

Quem já protagonizou histórias semelhantes pode identificar, sem muito esforço, exatamente onde falhou e, independente de quantas vezes não tenha sido bem-sucedido, sempre é possível recomeçar e dar a volta por cima.

Os dois únicos problemas em tudo isso é que:

1º) A cada tentativa, há uma diminuição gradativa da credibilidade no ciclo de relacionamento desta pessoa. É como se a credibilidade escoasse pouco a pouco a cada tentativa interrompida e frustrada ao iniciar um novo negócio de MLM;

2º) O tempo é implacável, não espera. Cada dia que passa, temos um dia a menos de vida... quanto antes conquistarmos nossa independência financeira, mais tempo teremos para desfrutarmos dela e convencer os outros que isso é possível!

Nesse negócio, é de suma importância obter resultados reais, concretos, verdadeiros, no menor tempo possível. Mesmo que pequenos no começo, mas sem mágica, sem forjar, sem enganar...

A maioria das pessoas podem até acreditar durante algum tempo em suas palavras entusiasmadas sobre a dimensão e o potencial deste negócio. Porém, o ser humano costuma ser imediatista, e muitos querem ver para crer (como São Tomé).

É isso que vai impedir que eles entendam, num primeiro momento, (especialmente aqueles que já estão em situação econômica mais privilegiada) porque você ainda anda de ônibus ou de fusquinha, se o negócio é tão bom e lucrativo assim (para não dizer milionário). Para eles, isso é absolutamente incoerente.

A questão é: se mesmo para um novato, que está começando neste negócio (em condições humildes), os prospectos tendem a não acreditar na oportunidade pelo fato dele ainda exibir resultados não convincentes, imagine então um veterano que já está neste negócio há mais de 10 anos e ainda não ficou rico?

Há uma tendência natural das pessoas a não considerarem o MLM em si como uma grande oportunidade, apenas pelo fato da pessoa que o abordou ainda não ter conquistado um alto e cobiçado status financeiro. Eles não entendem que este é um negócio de médio a longo prazo. É um projeto de vida.

Apesar de sabermos que "errar é humano", no MLM precisamos fugir um pouco desta característica “humana” e procurar acertar, com menos tentativas possíveis, a empresa que nos conduzirá à liberdade econômica vitalícia. Pois, como foi dito acima, a cada tentativa frustrada, incorremos num erro de preço alto, difícil de ser negociado, aceito ou ignorado.

É certo que a cada dia surgem novas oportunidades, que confundem e por vezes iludem a cabeça daqueles (tanto principiantes como veteranos) que ainda não tiveram acesso a conhecimentos suficientes e embasados para analisá-las. Falta bom senso e sensatez para interpretar cada particularidade desta "enxurrada" de opções que se apresentam a sua frente, com "flertes e cortejos sedutores". Por isso, é preciso LER, ESTUDAR e PESQUISAR continuamente, construindo assim um "alicerce mental" de conhecimento e sabedoria, para que a decisão seja tomada da forma mais consciente e convicta possível.


por Rogério Verinaud

Vídeos Motivacionais

Loading...