14/09/2009

Qualidade no Atendimento

Amado(a), ninguém gosta de ser mal atendido, seja loja, seja supermercado, ou qualquer outro lugar. Na semana passada, meu marido e eu fomos comprar um brinquedo pra presentear a filha de um casal de amigos e, quando entramos na loja a vendedora estava com uma fisionomia sisuda, cara fechada e nos atendeu muito mal. Eu perguntei a ela, se estava tudo bem, e ela respondeu sim...está sim! Sem dar um sorriso! Resultado, saímos da loja e fomos comprar em outra.

Há um tempo atrás, assisti a uma palestra sobre "qualidade no atendimento" e o palestrante dizia que: "Um cliente insatisfeito conta para uma média de 8 a 10 pessoas sobre o mal atendimento recebido, e um em cada 5 chegam a contar para 20 pessoas."

Na semana passada, li que: se durante um mês, dez dos seus clientes saíram insatisfeitos com o seu atendimento:
  • 1 avisará que foi mal atendido;
  • 9 não vai lhe dizer nada;
  • 8 deles farão comentários para mais 9 pessoas e,
  • uma das nove falará da sua insatisfação para 20 pessoas!
Resultado: 10+72+20=102 (cento e duas) pessoas atingidas pelo mal atendimento.

Bom atendimento é tudo mesmo. Resumindo: a vendedora deixou de ganhar, pois perdeu de vender e a loja perdeu um cliente. Imagina só! Eu mesma, comentei com várias amigas sobre o atendimento da loja...rs.

Por coincidência recebemos um artigo via e-mail e, lendo-o, lembramos do dia da compra do brinquedo....(rs). Queremos compartilhá-lo com você. Boa leitura.

Vendas & Atendimento
Por Gilclér Regina

Você já ouviu alguém chegar numa loja e dizer: “Estive semana passada aqui e fui atendido muito mal, seu vendedor estava de mau humor, olhando feio e gostaria de saber se ele está aí para me atender novamente?”

Isso não existe. O que existe é bom atendimento, respeito às pessoas, que mantém nossos empregos, nossas vidas e de nossas famílias. Infelizmente, tem gente que não entendeu isso ainda.

Dê aos seus vendedores um bom caminho, incentive-os cada vez mais a gostar e querer bem as pessoas. Isso pode ser melhorado com treinamentos e palestras. Invista na sua equipe e os resultados saltarão aos olhos.

Tem que pensar ativamente o seguinte: Qual é o melhor fogão? E a melhor geladeira?

Os preços e os produtos estão cada vez mais parecidos e como milagre ninguém faz, a venda está intimamente ligada ao vendedor e o atendimento feito.

Outro dia assisti na TV alguém que foi atropelado e o policial lhe perguntou que carro que era e ele respondeu: “Não sei...é um destes novos, tudo arredondado, tudo igual.” Se fosse num passado recente, não haveria dúvida, kombi era kombi, opala era opala.

O mundo mudou. O consumidor hoje é cada vez mais exigente. Sabe o que quer. São pessoas bem informadas.

Para melhor atender é preciso conhecer muito bem o produto, na palma da mão, como funciona, os benefícios que trás, para que serve e esse atendimento encanta e fideliza.

E um atendimento, por incrível que pareça, em pleno século 21, não deveria, mas, ainda é um grande diferencial.

A verdadeira venda é quando o cliente volta. Um cliente encantado pode ser um cliente para mais 30 anos, garantia de lucro por muitos e muitos anos.

Mudar é resolver pendências e aplicar tendências. Se você mudar, o mundo muda com você.

A palavra em gestão de vendas que define o sucesso continua pequena, apenas sete letras: atitude. Junte a ela o conhecimento e você será imbatível.

Pense nisso!

André e Simone Calamita
http://www.recrutafacil.com/andreesi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vídeos Motivacionais

Loading...