26/09/2009

Conheça e use sua vantagem competitiva

“Você não é o dono do mundo, mas é filho do Dono: DEUS”.

“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome” (Jo 1:12 RA).

O Espírito Santo testifica em nosso espírito que somos filhos de Deus.

Você pode vencer qualquer desafio desde que tenha uma vantagem competitiva.

Conhecendo e utilizando sua vantagem competitiva

1) Comunhão

Sua comunhão com o Pai é o seu primeiro diferencial competitivo.

Existem pessoas que possuem habilidades que são valorizadas pelo mundo, pelo mercado, ou seja, a excelência natural, que é muito necessária, sem dúvida. Porém, existem aqueles que possuem também o espírito de excelência, isto é, que gozam de uma comunhão íntima com Deus. Têm o dom de ouvir a voz de Deus.

O dom que José possuía para interpretar sonhos deu-lhe acesso a algo que, sem ele, nunca poderia ter. Nenhum diploma, especialização em negócios ou finanças pode se comparar com a vantagem de ouvir ou interpretar aquilo que Deus está falando. O nosso verdadeiro patrimônio é escutar a voz de Deus.

Não quero desmerecer o seu MBA, o seu doutorado ou bacharelado. Mas não troque a comunhão com o Pai por nenhum dos seus títulos.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus” (Rm 8:14 RC).

Existem inúmeras demandas e atividades profissionais onde o cristão pode atuar, principalmente como filho de Deus, guiado pelo Espírito Santo, recebendo inspiração divina. Infelizmente, porém, boa parte dos cristãos está sonhando em desfrutar do Céu e não se acha compromissada em ser agente de mudança no seu ambiente profissional e em nossa sociedade.

Ser guiado pelo Espírito de Deus é um privilégio reservado apenas àqueles que são íntimos do Pai, somente para seus filhos amados. O Senhor revela os seus segredos para aquele que o teme e o busca de todo o coração.

“O Senhor é amigo chegado de quem O respeita e obedece. A essas pessoas Ele revela os segredos de seus planos” (Sl 25:14 BV).

2) Caráter

Desfrutar da presença de Deus e conhecer o seu caráter deve ser o maior objetivo de nossa vida.

Quando você passa algum tempo lendo e estudando a Palavra de Deus, construindo o seu caráter, torna-se cada vez mais semelhante a Cristo.

O fruto do Espírito em nossa vida é um indicativo de que temos o caráter de Cristo em nós.

“Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei” (Gl 5:22 RA).

Hoje um grande diferencial competitivo que, aliás, vai além da formação acadêmica, é sem dúvida a capacidade de ter boas relações interpessoais. Há pessoas muito bem qualificadas tecnicamente que têm dificuldade para ascender na carreira ou liderar seus subordinados, por não possuírem essa habilidade da relação interpessoal.

Alguém pode me dizer se existe ferramenta mais eficaz do que o fruto do Espírito para capacitá-lo para o relacionamento interpessoal?

Em seu ministério terreno, Jesus foi uma pessoa tão sociável que ele mesmo se convidava para ir à casa de seus ouvintes: “Zaqueu, desça depressa, pois hoje preciso ficar na sua casa”.

Você não gostaria de ter em seu time, em seu grupo de trabalho, um profissional que produza o fruto do Espírito nas relações interpessoais?

A manifestação do fruto do Espírito Santo em sua vida é o seu segundo diferencial competitivo.

3) Criatividade

Tal Pai, tal filho... A manifestação da criatividade de Deus em sua vida é o seu terceiro diferencial competitivo.

A criatividade é de extrema importância para Deus. Ele é inicialmente apresentado a nós como “Criador”, em Gênesis 1. A sua essência é criativa. Satanás não pode fazer isso. Ele somente pode forjar falsificações daquilo que já foi criado.

A criatividade e a inovação profissional são altamente valorizadas no mercado de trabalho. Os profissionais que possuam esses requisitos são disputados a peso de ouro pelas empresas.

Existe dentro de mim uma veia criativa principal, vinda de Deus Pai, e também uma veia secundária, proveniente da minha formação profissional, a engenharia mecânica. Pouco tempo após me formar, entrei como sócio em uma lavanderia, juntamente com dois irmãos em Cristo. Tínhamos poucos recursos para aplicar na empresa, porém, o SENHOR nos concedeu uma “unção de criatividade” para fazermos prosperar o negócio. Compramos algumas máquinas usadas e as reformamos. Construímos outras máquinas de lavar e secar roupas, tudo feito com peças adquiridas no “ferro velho”. Aproveitávamos tudo. Reutilizávamos os gases que eram eliminados de uma caldeira a vapor na máquina de secagem de roupas. A lavanderia mais parecia a “Oficina do Professor Pardal”. Em poucos meses, saímos do vermelho e começamos a dar lucro.

“Eu escolhi Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, da tribo de Judá, e o enchi com o meu Espírito. Eu lhe dei inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho artístico; para fazer desenhos e trabalhar em ouro, prata e bronze; para lapidar e montar pedras preciosas; para entalhar madeira; e para fazer todo tipo de artesanato” (Ex 31:2-5 NTLH).

O cérebro humano é constituído de dois hemisférios: esquerdo e direito.

O hemisfério esquerdo é verbal e processa informações analítica e seqüencialmente, funcionando passo a passo. Esse lado do cérebro é altamente organizado e gosta de listas, de planejamentos, de regras e de manter controle sobre o tempo. É lógico, seqüencial, racional, analítico e objetivo. O lado esquerdo escuta o que foi dito e comunica-se verbalmente.

Nosso cérebro direito é visual e processa as informações intuitiva e simultaneamente. Ele olha primeiramente para a figura inteira e depois examina os detalhes. O processador direito é criativo.

A maioria das crianças, ao ingressar na escola, é predominantemente pensadora e processadora do cérebro direito. Entretanto, não demora muito para que o nosso sistema educacional mude essa realidade drasticamente.

Infelizmente, as estatísticas comprovam que, depois de estar recebendo uma educação formal durante alguns anos, mais de 90% das crianças passam a ter dominância do cérebro esquerdo. Já na época do término do ensino médio, mais de 98% são dominantes do cérebro esquerdo. E, quanto mais longe vão na área da educação, mais dominante se torna o lado esquerdo do cérebro. Uma vez terminado o mestrado e o doutorado, raramente sobra um vislumbre do lado direito do cérebro.

O problema é que, quando um lado do cérebro é estimulado e condicionado para ser o dominante, invariavelmente, passa a inibir o lado mais fraco, tornando-o submisso. Para muitas pessoas, o lado direito atua somente como aquela voz irritante à qual nunca prestam atenção.

Perguntado a respeito de sua descoberta fantástica, a “Teoria da Relatividade”, Einstein respondeu que não havia criado nada, nem era o autor de nada. Ele, simplesmente, conseguira desvendar um pouquinho das leis que já existiam na natureza e que vieram de uma mente divina e criadora.

“Você conhece as leis que gover­nam o universo? Sabe até onde essas leis influenciam a terra?” (Jó 38:33 BV).

De fato, Einstein tinha razão. O homem é capaz de descobrir leis e princípios que já existem e que, agrupados sabiamente, passam a gerar algo físico que beneficia o próprio homem, a humanidade.

Deus quer ativar nosso cérebro direito. Para que isso aconteça, é necessário que nossa mente seja renovada por sua Palavra. Essa renovação só irá acontecer se investirmos tempo não somente de qualidade, mas também em quantidade, na presença do Senhor.

“Não imitem a conduta e os costumes deste mundo, mas seja, cada um, uma pessoa nova e diferente, mostrando uma sadia renovação em tudo quanto faz e pensa. E assim vocês aprenderão, de experiência própria, como os caminhos de Deus realmente satisfazem a vocês” (Rm 12:2 BV).

Não podemos servir o Deus dos impossíveis, do sobrenatural, que traz à existência as coisas que ainda não existem, operando somente na esfera do natural, pensando somente com o lado esquerdo do nosso cérebro.

O Espírito Santo está buscando voluntários para conquistar os montes da nossa sociedade. Ele quer ensiná-los: a fórmula para a cura da AIDS e dos variados tipos de câncer, o desenvolvimento de programas alimentares para a população desnutrida, novos métodos de alfabetização e educação, sistemas administrativos e gerenciais inovadores e muito mais.

Alguém se candidata?

“Tenho visto que todas as coisas têm o seu limite, mas o teu mandamento se aplica a tudo” (Sl 119:96 NTLH).

“NÃO DESPREZE OS PRIVILÉGIOS CONQUISTADOS POR JESUS CRISTO, COM SEU SANGUE, NA CRUZ DO CALVÁRIO”.


Por Cláudio Henrique Guisoli Coordenador
Fonte: Ministério Empreendedores de Cristo

Deus abençoe grandemente

André e Simone Calamita
http://www.recrutafacil.com/andreesi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vídeos Motivacionais

Loading...