17/02/2009

Escravo Moderno

Amados...amamos o artigo abaixo.
Boa leitura!


O dia tem 24 horas. Dessas, digamos que você passe 8 delas dormindo e mais 8 horas no trabalho. Em média, mais 2 horas para ir e vir. Sobram 6 horas...

Chegando em casa, toma um banho de 20 minutos. Veste-se e belisca na geladeira, mais uns 10 minutos. Sobram-lhe 5 horas e meia do seu dia...

Novela da Globo, jantar durante a novela (para ganhar tempo). Agora você tem 4 horas e meia...

Isto se você não tiver dormido mais de 8 horas, se não tiver feito horas extras, se o ônibus não tiver quebrado, se não tiver ido ao banco, etc.

Como você encontra tempo para viver?

Por favor, não me diga que isso é vida!!!

Não posso acreditar que pessoas passem a vida toda sem perceber que não estão vivendo, e sim executando tarefas repetidas vezes, durante anos.

Há nem tanto tempo assim, foi abolida a escravidão. Será?

Será que você não é apenas um escravo moderno?

Talvez as correntes tenham sido trocadas pelo cartão de ponto...

Talvez os açoites tenham sido trocados pela ameaça do desemprego...

Talvez, como os escravos, você não possa dar a seus filhos um futuro diferente do seu...

Talvez seus sonhos e desejos de uma vida melhor tenham dado lugar à dura “realidade”...

Talvez isso mude um dia, com um novo governante ou com aquela “fezinha” que você fez na mega sena...

Nesse caso, o "talvez" é na verdade um indicador de que o mais provável é que você acabe doente, mendigando na fila do INSS. Como os escravos velhos, que não tinham mais força e eram mortos, você também, com certeza, será jogado fora do mercado, com uma mão na frente e outra atrás, e como um escravo será visto pelos outros como mais um que cumpriu sua “missão”.

Tenho vontade de chorar, só em pensar que inconscientemente você está a ensinar o mesmo a seus filhos.


Angelo Epifanio é líder de vendas diretas há doze anos. Há quatro estuda Marketing Multinível e PNL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vídeos Motivacionais

Loading...